O cientista deve preocupar-se em criar, despertar e estimular o interesse pela concepção de novos paradigmas e não limitar-se somente à transmissão de conhecimentos já estabelecidos.



sábado, 10 de junho de 2017

II Colóquio Histórias do Sertão: fronteira, sujeitos e narrativas

Mudança no campo da pesquisa em História tem permitido novos olhares sobre fontes tradicionais ou apontado na direção de novas fontes possibilitando o surgimento de novos discursos, a elaboração de novos textos sobre os sertões.
Sertão é tema central da reflexão de várias áreas de estudos, contudo, tem predominado sobre esse espaço uma representação informada por um conjunto de elementos fixos e negativos. Entre outras áreas, a História tem contribuído para atenuar essa visão negativa e apontar na direção da existência de vários sertões com processos de formação social e singular.
Desse modo, o Sertão, não sendo uma realidade geográfica dada a priori, localizável, o mesmo é o acúmulo da experiência; experiência com o espaço. Em verdade, tem-se uma paisagem imaginada como sertão, não como dado externo palpável, sendo, ao fim, elaboração estética. É, portanto, dotada de imaginário, de conteúdos simbólicos e subjetivos, bem como pode servir a fins políticos e ideológicos.
O caso do Maranhão e o Piauí, tradicionalmente identificados como sertão, não obstante a participação no movimento de renovação historiográfica, a representação de elementos fixos e negativos tem preponderado. É no sentido de divulgar as novas tendências de pesquisa e fazer circular novo textos sobre o sertão que é a proposta temática para o Colóquio de 2017.
Em 2016 foi realizado I Colóquio de História do Centro de Estudos Superiores de Caxias, com o tema: “Fontes sobre Caxias”. O evento foi considerado positivo, participaram alunos e professores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA). Em 2017, propomos a realização do II Colóquio, com o tema: “Histórias do Sertão: fronteira, sujeitos e narrativas”. Acesse a página do evento aqui.





Nenhum comentário: