O cientista deve preocupar-se em criar, despertar e estimular o interesse pela concepção de novos paradigmas e não limitar-se somente à transmissão de conhecimentos já estabelecidos.



domingo, 25 de junho de 2017

Santa Catarina foi o quinto Estado que mais reduziu a Mata Atlântica no último ano, aponta estudo









"Após seis anos de controle no desmatamento, relatório indica que 846 hectares foram devastados entre 2015-2016, 41% a mais do que em 2014 [...] À primeira vista, parece pouco. Mas 846 hectares – o equivalente ao território de Centro, Morro da Cruz e Agronômica, em Florianópolis – formam a área de Mata Atlântica suprimida no Estado somente no espaço de um ano, entre 2015 e 2016. [...] O levantamento foi feito com base em imagens de satélite capturadas no ano passado, comparadas com outras de anos anteriores. Um programa de computador comparou as fotografias, que focavam áreas a partir de 3 hectares, e ressaltou pontos onde a vegetação foi suprimida ou reduzida. [...] Entram nessa análise os 17 Estados que fazem parte do bioma e ecossistemas como vegetação litorânea, restinga, manguezais e mata de araucárias, por exemplo. Apenas regiões onde havia muita concentração de nuvens não puderam ser analisadas, principalmente no Meio-Oeste catarinense". Para ler mais sobre esta matéria e ver alguns dos dados deste levantamento, publicado no Jornal Santa Catarina, clique aqui. (FONTE: Jornal Santa Catarina)

Nenhum comentário: